Novo

Os Kamaiura E O Parque Nacional Do Xingu,

65 reais

em 12x 6 reais con 20 centavos

Enviando normalmente

Envio para todo o país

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Estoque disponível

Devolução grátis

Você tem 30 dias a partir do recebimento do produto para devolvê-lo, não importa o motivo!

Garantia

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Garantia da loja

Sem garantia

Meios de pagamento

Boleto parcelado em até 12x

Mercado Crédito

Cartões de crédito

Pague em até 12x!

Mastercard
Hipercard
Elo
Visa

Cartões de débito

Elo Debito
Visa Débito

Pix

Pix

Boleto bancário

Boleto

Características principais

Título do livroOs Kamaiura e o Parque Nacional do Xingu,
AutorCarmem Junqueira
IdiomaPortuguês
EditoraAkexa Cultural
FormatoPapel

Outras características

  • Gênero do livro: antropologia

  • Tipo de narração: Manual

  • Idade mínima recomendada: 10 anos

  • Idade máxima recomendada: 80 anos

  • ISBN: 9788554670276

Descrição

Nós, organizadores e idealizadores da Coleção Fazendo Antropologia no Alto Solimões – FAAS (Adailton da Silva, Gilse Elisa Rodrigues, Michel Justamand e Tharcisio Santiago Cruz), temos o enorme prazer como editores de tornar pública a tese de doutorado de Carmen Junqueira, intitulada Os Kamaiurá e o Parque Nacional do Xingú. A tese foi defendida na Faculdade de Filosofia, Ciências Sociais e Letras de Rio Claro, da Universidade de Campinas – UNICAMP, em 1967.
Esse trabalho emblemático na área de Antropologia brasileira, por que foi feito em um tempo, de muita luta contra a opressão indígena, que já passava dos 450 anos. Lembramos o Relatório Figueiredo que apurou as matanças de comunidades inteiras, torturas e toda sorte de crueldades praticadas contra indígenas em todo o país — principalmente por latifundiários e funcionários do extinto Serviço de Proteção ao Índio (SPI).
O trabalho de Junqueira é significativo para todas e todos que lutam por um mundo melhor, igualitário e mais justo. Por esse motivo é importante para os estudos na área de Antropologia. Nós, os idealizadores da Coleção FAAS, somos professores do curso de Bacharelado em Antropologia, na unidade acadêmica do Alto Solimões, sediado na cidade de Benjamin Constant, na Amazônia brasileira, fronteira com Peru e Colômbia. Acreditamos que essa obra colaborará com as pesquisas e estudos de nossos acadêmicos, mostrando a realidade de outros povos indígenas que não só os do Alto Solimões.
Garantindo, dessa forma, a ampliação de horizontes etnográficos a serem vistos, lidos e refletidos sobre.