Novo

A Mulher, O Homem E O Cão

40 reais

em 6x 7 reais con 39 centavos

Enviando normalmente

Envio para todo o país

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Estoque disponível

Devolução grátis

Você tem 30 dias a partir do recebimento do produto para devolvê-lo, não importa o motivo!

Garantia

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Garantia da loja

Sem garantia

Meios de pagamento

Boleto parcelado em até 12x

Mercado Crédito

Cartões de crédito

Pague em até 6x!

Mastercard
Hipercard
Elo
Visa

Cartões de débito

Elo Debito
Visa Débito

Pix

Pix

Boleto bancário

Boleto

Características principais

FormatoPapel

Outras características

  • Tipo de narração: Manual

  • ISBN: 9786599034244

Descrição

A mulher, o homem e o cão
NICODEMOS SENA
13x18cm - 196 páginas
ISBN -978-65-990342-4-4
Em fins de 2019, reunidos em uma livraria de São Paulo, decidimos criar a Coleção Selvagem e lançá-la em 2020, tendo como meta dialogar e incentivar a produção literária em relação com a academia. Nossa intenção foi construir um meio de divulgação que servisse tanto a integrantes de instituições científicas quanto a pessoas situadas fora dessa esfera. Além disso, a Coleção Selvagem foi pensada para dar vazão a textos de amazônidas, seja poesia ou prosa, cinema ou teatro, inéditos ou reedições. E quando nos referimos a “textos de amazônidas” aí incluímos, sinceramente, representantes de diversas áreas dos saberes com interesses em artes visuais ou literatura. Iniciamos a ação com dois textos. Um inédito, A Doce Vida dos Pequenos Fuzis (teatro); e outro uma reedição, A Mulher, o Homem e o Cão (romance). Contamos com apoio da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), além de incentivo do Espaço Selvagem (misto de livraria e local de eventos), localizado em Taubaté/SP e dirigido por Nicodemos Sena. O primeiro livro, por seu ineditismo, parece-me uma tentativa de traçar um caminho pela dramaturgia do absurdo. O segundo, já reconhecido, por ser um relançamento de vigor, está ancorado no universo da ficção fantástica. A partir deles, acreditamos que um espaço se constrói para a propagação de demais perspectivas literárias. Um espaço comum. A expectativa é que possamos, a partir das obras a serem selecionadas a seguir, dialogar sobre a constituição da Amazônia nos termos da literatura que dela se apresenta, que dela se mostra, que dela emana. É interessante que a coleção consiga ser plural, com boa interação ante a comunidade, e abarque ideias diversas, diferentes entre si, considerando que mediante esse cenário tenhamos maior capacidade de apresentar textos interdisciplinares e promover sua disseminação. Tenham uma boa leitura!