Novo

Mercosul E O Direito Trabalhista

38 reais

em 6x 7 reais con 02 centavos

Entrega a combinar com o vendedor

Embu Das Artes, São Paulo

Estoque disponível

Garantia

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Meios de pagamento

Boleto parcelado em até 12x

Mercado Crédito

Cartões de crédito

Pague em até 6x!

Mastercard
Hipercard
Elo
Visa

Cartões de débito

Elo Debito
Visa Débito

Pix

Pix

Boleto bancário

Boleto

Descrição

MERCOSUL e o Direito Trabalhista Carlos Alberto Di Lorenzo 14x21cm 152 páginas ISBN 85-98175-10-2 Apresentação O MERCOSUL, instituído pelo Tratado de Assunção, propõe uma união econômica entre o Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai. A situação decorrente da integração promovida pelo Tratado prevê a livre circulação de pessoas entre os países na fase do Mercado Comum que ainda não foi alcançada. O fluxo de trabalhadores consiste em uma situação que exige uma reflexão a respeito dos direitos trabalhistas a serem harmonizados. A nova situação trabalhista decorrente do fluxo migratório nos países componentes do MERCOSUL, leva à formulação de uma legislação harmônica apropriada, no tocante à aplicação dos contratos de trabalho. Este livro propicia a análise dos principais direitos trabalhistas, tendo como foco a Argentina e o Brasil. Visa contribuir com parâmetros referenciais que conduzem a harmonização da legislação trabalhista. Este livro é pautado em instrumentos legais que partem da OIT – Organização Internacional do Trabalho, das Constituições Federais e das leis que regulamentam o contrato de trabalho brasileiro e argentino. As considerações finais possibilitam afirmar que o novo fluxo de trabalhadores gerado pela integração dos países do Mercosul, em especial, do Brasil e da Argentina, propicia a necessidade da harmonização do Direito Trabalhista, sendo a forma mais adequada de garantir os direitos dos trabalhadores, independente do local em que prestam serviços.