Novo

Memórias Kokama De Bom Jardim Ii

42 reais

em 6x 7 reais con 76 centavos

Entrega a combinar com o vendedor

Embu Das Artes, São Paulo

Estoque disponível

Garantia

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Meios de pagamento

Boleto parcelado em até 12x

Mercado Crédito

Cartões de crédito

Pague em até 6x!

Mastercard
Hipercard
Elo
Visa

Cartões de débito

Elo Debito
Visa Débito

Pix

Pix

Boleto bancário

Boleto

Descrição

Memórias Kokama de Bom Jardim II Elizângela Lopes Maria Auxiliadora Coelho Pinto 16x23 - 100pgs ISBN: 978-85-5467-104-4 Os textos contidos neste livro, são frutos de uma pesquisa para valorização dos saberes dos anciões Kokama, narrados na língua materna, transcrito na língua oficial do país (Brasil). São sabedorias que merecem destaques valorativo para inserção no meio social. Estes permaneceram há anos armazenados, silenciados e ocultos no baú das memórias das pessoas antigas, da comunidade Bom Jardim II, que até então, não havia sido registrados; correndo o risco de desaparecimento. Mas, os contadores de histórias, com as suas experiências e paciência nos transmitiram através de narrativas orais, nos apresentando um mundo diferente, de magias e emoções com enredos originais. São histórias de pescarias, caçadas, encantamentos, experiências nos lares, seres sobrenaturais, protetores e outros. Todas pautadas e advindas da cultura. Muitas dessas histórias marcaram a trajetória de vida do povo Kokama, experiências essas que, a maioria de nós não viveu e nunca chegará a experimentar; mas, junto com os contadores, embarcamos na aventura da busca e do entendimento dessas sabedorias, através do som das vozes e das belas artes dos contadores de histórias, dentre eles destacamos: Lúcia Maria Lopes, Avelino Januário Assipar, Manoel Lopes Coelho, Paulo Moçambite e Gertrudes Lopes Curico. Os dois últimos já não se encontram mais entre nós, portanto esse livro marca a continuação deles, através de suas memórias culturais, que aqui permanecerão. Não ouvirão mais os nossos aplausos, porém serão extensivos às suas famílias que continuarão as histórias de vida, de luta e de gratidão. Os contadores de histórias são bordadores de sonhos, fantasias e emoções, recorreram ao mundo ancestral para escreverem uma nova história no presente, com propósito de educar e nos apresentar o universo literário do povo tradicional “Kokama”. Essas histórias buscam contextualizar, em seus enredos, as características dos espaços amazônicos, dos sujeitos que neles habitam que serão revelados à sociedade contemporânea.